Comunicação, novos media e direitos humanos: o reconhecimento na era da globalização digital

  • Heitor Costa Lima da Rocha Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • João Carlos Ferreira Correia Universidade da Beira Interior

Resumo

Este trabalho procede a uma discussão teórica sobre articulações entre a Comunicação, as novas tecnologias e novos media e os direitos humanos, invocando a dimensão central da primeira na constituição das identidades e na construção social da realidade. Na perspectiva adotada, a comunicação como um processo relacional de criação e partilha de significados; o lugar dos novos media como dispositivos tecnológicos que podem ser enquadrados em redes sociais mais vastas ou, ao invés, considerados como meramente instrumentais e, ainda, a afirmação dos direitos humanos enquanto resultado de um reconhecimento intersubjetivo são três dimensões a considerar como corolário de um processo político-discursivo que emerge no interior de esferas públicas plurais e que mantém estreita vinculação conceitual entre si. Nesse sentido, critica-se a dimensão hegemônica na reflexão sobre a internet e as redes sociais que frequentemente reconfigurou estas como centradas num cidadão inovador e criativo liberto de constrangimentos sociais, omitindo as ambivalências inerentes aos processos comunicativos.

Biografia do Autor

Heitor Costa Lima da Rocha, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Departamento de Comunicação Social e Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Penambuco (PPGCOM/UFPE)

João Carlos Ferreira Correia, Universidade da Beira Interior

Departamento de Comunicação/Faculdade de Artes e Letras/Laboratório de Comunicação (LabCom)

Publicado
2017-11-18
Como Citar
Rocha, H., & Correia, J. (2017). Comunicação, novos media e direitos humanos: o reconhecimento na era da globalização digital. Compolítica, 7(2), 35-62. https://doi.org/https://doi.org/10.21878/compolitica.2017.7.2.120
Seção
Artigos