O sistema de radiodifusão nos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro

  • Marcio de Souza Castilho Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Democracia, Políticas de Comunicação, Radiodifusão

Resumo

O artigo tem o objetivo de examinar as ações governamentais nos primeiros 100 dias da gestão do presidente Jair Bolsonaro no tocante às políticas de comunicação. A pesquisa se apoia na análise de atos, decretos e portarias publicados no Diário Oficial da União, no período de 1º de janeiro a 10 de abril de 2019. Em diálogo com as contribuições trazidas por autores na área da Economia Política da Comunicação, buscamos extrair algumas reflexões preliminares sobre a nova estrutura de comunicação do governo, o papel da Empresa Brasil de Comunicação e o direcionamento adotado no sistema de radiodifusão pública. O estudo aponta para o aparelhamento governamental na EBC e permanências da lógica de criminalização de rádios comunitárias, causando prejuízos ao princípio da complementaridade entre os sistemas privado, público e estatal.

Biografia do Autor

Marcio de Souza Castilho, Universidade Federal Fluminense

Professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense (UFF). Doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Referências

BANDEIRA, O. "Concentração da comunicação e os riscos à democracia no Brasil". In BERNARDO, Jonathan Hassen da Rocha. Comunicação e Direitos Humanos nos Territórios de Minas Gerais. MG: Associação Henfil Educação e Comunicação e Secretaria do Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, 2018.
BARRETO, C. Portaria 2016: o AI-5 da comunicação pública. Trincheiras. 15 abril 2109. Disponível em . Acesso em: 16 abril 2019
BAYMA, I. F. C. A concentração da propriedade dos meios de comunicação no Brasil. Eptic. Revista Electónica Internacional de Economía de las Tecnologías de la Información y de la Comunicación, v. 17, n. 3, pp. 140-172, 2001.
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2016, 496p.
_______. Medida provisória nº 870, de 1 de janeiro de 2019. Diário Oficial da União, Atos do Poder Executivo, Brasília, DF, 1 jan. 2019. Seção 1 - Especial, p. 1-13
_______ Lei nº 9.612, de 19 de fevereiro de 1998. Institui o Serviço de Radiodifusão Comunitária. Diário Oficial da União. Atos do Poder Executivo, Brasília DF, 20 fev 1998, Seção 1, p. 11
_______ Decreto nº 5.371, de 17 de fevereiro de 2005. Aprova o Regulamento do Serviço de Retransmissão de Televisão e do Serviço de Repetição de Televisão. Diário Oficial da União. Atos do Poder Executivo, Brasília DF, 18 fev 2005, Seção 1, p. 1
_______ Lei nº 11.652, de 7 de abril de 2008. Institui os princípios e objetivos dos serviços de radiodifusão pública explorados pelo Poder Executivo ou outorgados a entidades de sua administração indireta; autoriza o Poder Executivo a constituir a Empresa Brasil de Comunicação − EBC. Diário Oficial da União. Atos do Poder Executivo, Brasília DF, 8 abr 2008, Seção 1, p. 1
INTERVOZES; REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS. Quem controla a mídia no Brasil? Intervozes − Coletivo Brasil de Comunicação Social, 2018. Disponível em < http://brazil.mom-rsf.org/br/>. Acesso em: 4 mar. 2019
INTERVOZES. Raio X da ilegalidade: políticos donos da mídia no Brasil. Observatório do direito à comunicação, 01 ago. 2016. Disponível em: < http://www.intervozes.org.br/direitoacomunicacao/?p=29753> Acesso em: 14 mar. 2019.
_____________ Sistemas públicos de comunicação no mundo: experiências de doze países e o caso brasileiro. São Paulo: Paulus, Intervozes, 2009 (Coleção Comunicação).
KUCINSKI, B.; LIMA, V. A. de. Diálogos da perplexidade: reflexões críticas sobre a mídia. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2009
LIMA, V. A. de. As bases do novo coronelismo eletrônico. Observatório da Imprensa. 08 ago. 2005. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2019
MENDELL, T. Serviço público de radiodifusão: um estudo de direito comparado. Brasília: UNESCO, 2011. 104 p.
MORAES, D. de. Vozes abertas da América Latina: Estado, políticas públicas e democratização da comunicação. Rio de Janeiro: Mauad X: Faperj, 2011.
________________ A batalha da mídia: governos progressistas e políticas de comunicação na América Latina e outros ensaios. Rio de Janeiro: Pão e Rosas, 2009.
MOTTER, P. A Batalha invisível da Constituinte: interesses privados versus caráter público da radiodifusão no Brasil. 1994. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) − Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
PIERANTI, O. P. A radiodifusão pública resiste: A busca por independência no Brasil e no Leste Europeu. Brasília: FAC-UnB, 2018.
SANTOS, S. dos; CAPPARELLI, Sérgio. "Coronelismo, radiodifusão e voto: a nova face de um velho conceito". In: BRITTOS, Valério Cruz; BOLAÑO, César Ricardo Siqueira (Org.). Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia. São Paulo, 2005, v. 1, pp. 77-101.
SANTOS, S. dos. E-Sucupira: o Coronelismo Eletrônico como herança do Coronelismo nas comunicações brasileiras. E-Compós. Revista da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, pp.1-27, dez. 2006
TSE − Tribunal Superior Eleitoral. Eleições 2018: Justiça Eleitoral conclui totalização dos votos do segundo turno. Notícias TSE, 30 out. 2018. Disponível em < http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Outubro/eleicoes-2018-justica-eleitoral-conclui-totalizacao-dos-votos-do-segundo-turno >. Acesso em: 19 mar. 2019.
VALENTE, J. 5 anos de Confecom: muito barulho por nada? Intervozes. 19 dez. 2014. Disponível em . Acesso em: 16 mar. 2019.
VILELA, P. R. "Democratização da comunicação – o que é?". In BERNARDO, Jonathan Hassen da Roch. Comunicação e Direitos Humanos nos Territórios de Minas Gerais. MG: Associação Henfil Educação e Comunicação e Secretaria do Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, 2018.
Publicado
2020-05-29
Como Citar
Castilho, M. (2020). O sistema de radiodifusão nos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro. Compolítica, 10(1), 87-108. https://doi.org/https://doi.org/10.21878/compolitica.2020.10.1.292