Biografias de atores políticos brasileiros como estratégia editorial em cenários eleitorais

  • Felipe Adam Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Sérgio Luiz Gadini Universidade Estadual de Ponta Grossa
Palavras-chave: Biografia como produto editorial, Jornada do herói, Narrativas biográficas

Resumo

O artigo verifica como os jornalistas brasileiros recontam a trajetória dos atores políticos em obras biográficas, em momentos de disputa eleitoral. A perspectiva metodológica da jornada do herói, elaborada por Joseph Campbell, em diálogo com a proposição de Edvaldo Pereira Lima, orienta a reflexão. As narrativas que ilustram o texto são os livros “A história de Lula, o filho do Brasil, de Denise Paraná, “A vida quer é coragem: A trajetória de Dilma Rousseff, a primeira presidenta do Brasil”, assinado por Ricardo Batista Amaral, e “Bolsonaro: O homem que peitou o exército e desafia a democracia”, de Clóvis Saint-Clair. Como resultado, constata-se que as biografias funcionam como um instrumento de divulgação para quem deseja ser lembrado pelos eleitores, às vezes, semelhante à idolatria. Ademais, os biografados são tratados como predestinados, que não têm problemas ou contradições na trajetória política descrita.

Biografia do Autor

Felipe Adam, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Jornalista e doutorando em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Bolsista com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e-mail: felipeadam91@gmail.com.

Sérgio Luiz Gadini, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Jornalista e professor Dr. do Curso de Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, e-mail: sergiogadini@yahoo.com.br.

Referências

AMARAL, Ricardo Batista. A vida quer é coragem: A trajetória de Dilma Rousseff, a primeira presidenta do Brasil. Rio de Janeiro: Sextante, 2011.
BOURDIEU, Pierre. O campo político. Revista Brasileira de Ciência Política, nº 5. Brasília, janeiro-julho de 2011.
BOURDIEU, Pierre. Poder simbólico. Difel: Lisboa, 1989.
BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. In: AMADO, Janaína; FERREIRA, Marieta de Moraes. (Orgs.). Usos e abusos da história oral. 4. Ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2001.
BRAGA, Teodomiro. O sonhador que faz: A vida, a trajetória política e as idéias de José Serra. Rio de Janeiro: Record, 2002.
BURKE, Peter. A Invenção da Biografia e o Individualismo Renascentista. In: Estudos Históricos. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1997.
CAMPBELL, Joseph. O herói de mil faces. São Paulo: Cultrix/Pensamento, 2005.
CASARA, Rubens R R. Estado pós-democrático. Neo-obscurantismo e gestão dos indesejáveis. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.
DOSSE, François. O Desafio Biográfico: Escrever uma vida. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2009.
GOMES, Ciro. Um desafio chamado Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.
LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A estetização do mundo: Viver na era do capitalismo artista. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.
MARTINEZ, Monica. Jornada do herói: A estrutura narrativa mítica na construção de histórias de vida em jornalismo. São Paulo: Annablume, 2008.
MIGUEL, Luis Felipe. Dominação e resistência: Desafios para uma política emancipatória. São Paulo: Boitempo, 2018.
NEVES, Aécio. Quando a política vale à pena. São Paulo: Leya, 2014.
OBAMA, Barack. Change we can believe in: Barack Obama's plan to renew America's promise. Nova Iorque: Broadway Books, 2008. PARANÁ, Denise. A história de Lula, o filho do Brasil. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.
PENA, Felipe. Teoria da biografia sem fim. Rio de Janeiro: Mauad, 2004.
PRIMO, Alex. Transformações no jornalismo em rede: sobre pessoas comuns, jornalistas e organizações; blogs, Twitter, Facebook e Flipboard. In: Intexto, v.02, n.25, Porto Alegre, dez. 2011.
RUBIM, Antonio Albino Canelas. Espetáculo, política e mídia. In: Biblioteca On-Line de Ciências da Comunicação, 2002. Disponível em: < http://www.bocc.ubi.pt/pag/rubim-antonio-espetaculo-politica.html. > Acesso em 10 abr. 2019.
SAINT-CLAIR, Clóvis. Bolsonaro: O homem que peitou o exército e desafia a democracia. Rio de Janeiro: Máquina de Livros, 2018.
SOUZA, Jessé. A tolice da inteligência brasileira: Ou como o país se deixa manipular pela elite. São Paulo: LeYa, 2015.
TRUMP, Donald. América debilitada: Como tornar a América grande outra vez. Porto Alegre: Citadel Editora, 2016.
VILAS BOAS, Sérgio. Biografismo: Reflexões sobre as escritas da vida. São Paulo: Editora UNESP, 2008.
Publicado
2020-12-28
Como Citar
Adam, F., & Gadini, S. (2020). Biografias de atores políticos brasileiros como estratégia editorial em cenários eleitorais. Compolítica, 10(3), 139-162. https://doi.org/https://doi.org/10.21878/compolitica.2020.10.3.318