Da caridade à cidadania em fluxos

posicionamentos espíritas nas Eleições 2018

  • João Damasio da Silva Neto Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Palavras-chave: Religião e política, Espiritismo, Midiatização, Eleições 2018

Resumo

Este trabalho analisa a circulação dos posicionamentos espíritas nas eleições presidenciais de 2018 no Brasil como indícios de uma transformação mais ampla na relação entre religião e política na sociedade em vias de midiatização. Historicamente, os espíritas se basearam no paradoxo entre laicidade e neutralidade para eleger a caridade como exercício político. O circuito-ambiente aqui analisado aponta para aberturas desse modelo na forma de uma cidadania em fluxos. Foram analisados três âmbitos (sócio-organizacional, técnico-midiático e político-discursivo) em que os posicionamentos espíritas operam: a) tentativas de neutralização política; b) expressão de motivações sociais espíritas; c) aberturas para estratégias mediadoras e d) aberturas para fluxos adiante e táticas coletivas progressistas, correspondendo às lógicas de midiatização.

Referências

AUBRÉE, Marion; LAPLANTINE, François. A mesa, o livro e os espíritos: gênese, evolução e atualidade do movimento social espírita entre França e Brasil. Trad. Maria Luiza Guarnieri Atik et al. Maceió, AL: Edufal, 2009.
BEHS, Michael Vier. Disrupções e regulações em circuitos e circulações difusas: a construção do caso sobre o boato da Bruxa de Guarujá. Tese (doutorado) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, São Leopoldo, 2017.
BERGER, Peter Ludwig. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. Org. Luiz Roberto Benedetti. Trad. José Carlos Barcellos. São Paulo: Paulinas, 1985.
BIGHETO, Alessandro Cesar; INCONTRI, Dora. Socialismo e espiritismo, aproximações dialéticas. Histedbr On-line, Campinas, n. 16, p. 1-9, dez. 2004.
BRAGA, José L. Circuitos versus campos sociais. In: MATTOS, Maria A.; JANOTI JUNIOR, Jeder; JACKS, Nilda (Orgs.). Mediação e Midiatização: Livro da XX Compós. Salvador: Edufba, 2012, p. 31-52.
COUSIN, Victor. Justice et charité. 2. ed. Paris: Académie des Sciences Morales et Politiques, 1948. Disponível em:
https://books.google.com.br/books?id=qbHtUuOwLJ8C&printsec=frontcover&hl=pt-
BR&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false. Acessado em: 30 set. 2018.
DENIS, León. Socialismo e espiritismo. Traduzido pela Editora Feb. Brasília: Feb, 2009.
FAUSTO NETO, Antonio. Fragmentos de uma analítica da midiatização. In: Matrizes, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 89-105, abr. 2008.
FERREIRA, Jairo. A construção de casos sobre a midiatização e a circulação como objetos de pesquisa: das lógicas às analogias para investigar a explosão de defasagens. Galáxia (São Paulo), n. 33, p. 199-213, set./dez. 2016.
KARDEC, Allan. O livro dos espíritos: filosofia espiritualista. Trad. Guillon Riberio. 93. ed. (Edição histórica). Brasília: Feb, 2013.
LOBO, Ney. Estudos de filosofia social espírita. Brasília: Feb, 1996.
MARTINO, Luís Mauro Sá. Mídia, religião e sociedade: das palavras às rede digitais. São Paulo: Paulus, 2016.
MIGUEL, Sinuê N. Espiritismo e política: o compasso dos espíritas com a conjuntura dos anos 1930-1940. In: Debates do NER, Porto Alegre, Ano 10, n. 15, p. 39-70, jan./jun. 2009.
MIGUEL, Sinuê N. Movimento Universitário Espírita (MUE): religião e política no espiritismo brasileiro (1967-1974). (Mestrado em História). Campinas, SP: Unicamp, 2012.
MORAES, Ângela; SIGNATES, Luiz. A cidadania como comunicação. In: MORAES, Ângela; SIGNATES, Luiz. (Orgs.). Cidadania comunicacional: teoria, epistemologia e pesquisa. Goiânia: UFG, 2016.
PAIVA, Aylton G. C. Espiritismo e política: contribuições para a evolução do ser e da sociedade. Brasília: Feb, 2014.
SCHERER, Bruno C. Ações sociais do espiritismo: a Sociedade Espírita Feminina Estudo e Caridade, Santa Maria – RS (1932-1957). (Trabalho de Conclusão de Curso em História). Santa Maria: UFSM, 2013.
SIGNATES, Luiz. Espiritismo e racionalidade: o intelectual espírita e o lugar da ciência no espiritismo brasileiro. In: Fragmentos de Cultura, Goiânia, v. 24, n. 4, p. 435-450, out./dez. 2014.
Publicado
2020-09-23
Como Citar
Silva Neto, J. (2020). Da caridade à cidadania em fluxos. Compolítica, 10(2), 137-166. https://doi.org/https://doi.org/10.21878/compolitica.2020.10.2.400